sexta-feira, 14 de setembro de 2007

O Zigurate


O zigurate era um dos principais tipos de construção dos povos da Mesopotâmia.
O formato era o de vários andares construídos um sobre o outro, com o diferencial de cada andar possuir área menor que a plataforma inferior sobre a qual foi construído — as plataformas poderiam ser retangulares, ovais ou quadradas, e seu número variava de dois a sete.
Um exemplo de zigurate sólido e abrangente é o de Marduk, ouTorre de Babel, situado na antiga Babilonia. Infelizmente não sobrou nem mesmo a base daquela poderosa estrutura, mas de acordo com achados arqueologicos e fontes históricas, a torre colocava-se sobreposta a sete camadas multicoloridas, em cujo topo achava-se um templo de proporções singulares. Acerca desse templo, acredita-se haver sido pintado e preservado em cor anil combinando com o cimo das camadas. É sabido que havia três escadarias que levavam ao templo, e diz-se que duas delas ascendiam apenas até a metade da altura do zigurate.

14 comentários:

Leonardo Chaves disse...

tô sentindo falta d Pernambuco aqui!

Aline disse...

oi Eduardo,
muito bom um blog só com conteúdos de história. Sou estudante de História da UPE, se precisar de ajuda, é só chamar!

parabéns pela iniciativa!

sergio! disse...

eduardo ficou massa parabens aew!

r, disse...

eduardo,
sou estudande de história e vi seu blog a partir da comunidade do orkut...
muito legal! Seria interessantes que todos procurassem entender o que significa a lenda,quando citam a expressão "torre de babel"...há todo um misticismo acerca dessa construção...
abraço e boa sorte!

rafael b. ponce disse...

isso me ajudou na pesquisade historia

Anônimo disse...

NÃO ME AJUDOU EM NADA

Anônimo disse...

NOJENTOS

Anônimo disse...

mi ajudou muito a fazer meu trabalho de portuques!!!!

leiliane disse...

Eu acho que a Torre de Babel se ruiu por forca maior pela força de Deus pois ja ouvir falar que eles queriam alcançar Deus sobrepondo pedras sobre pedras.

Anônimo disse...

trabalho de portugues?????ou de história????

yasmis Daschagas disse...

Legal 😎 lá né

yasmis Daschagas disse...

Legal 😎 lá né

Anônimo disse...

"Um exemplo de zigurate sólido e abrangente é o de Marduk, ou Torre de Babel, situado na antiga Babilonia. Infelizmente não sobrou nem mesmo a base daquela poderosa estrutura" - Realmente a Palavra de Deus no Genêsis se cumpriu: "Eia, desçamos e confundamos ali a sua língua, para que não entenda um a língua do outro... Por isso se chamou o seu nome Babel, porquanto ali confundiu o SENHOR a língua de toda a terra, e dali os espalhou o SENHOR sobre a face de toda a terra."

Anônimo disse...

A multiplicidade de idiomas dos povos tem origens na terra de Babel, localidade que recebeu o juízo divino por descumprir o que o SENHOR havia dito aos descendentes de Noé:

"Sede fecundos, multiplicai-vos e povoai a Terra"
(não era pra se ajuntar em um lugar só como eles fizeram)

A torre foi um sinal de desobediência, afronta e orgulho do homem de querer ser independente de Deus, Ele também sabia das más intenções daquele povo; que a estrutura seria usada para adorar o sol, os astros, as estrelas e falsos deuses (Marduk). Ali seriam feitos sacrifícios humanos em honra a falsas divindade.

Deus sempre deixou claro ao longo da história que não divide sua glória com ninguém!

Confundidos e não entendendo uns aos outros, os habitantes orgulhosos daquela região(Babilônia) não puderam mais edificar a Torre da Rebelião.